Gran Viver investindo alto no entorno de Confins.


São dois empreendimentos já implantados e outros dois com lançamentos previstos para o segundo semestre deste ano. O Residencial Gran Royalle Aeroporto, lançado em 2007, vendeu, ainda na construção, 95% das 324 unidades de mil m2, a 170 mil reais. Localizado na saída para Confins e com acesso pela Linha Verde, o residencial tem área verde de 94 mil m2, complexo de lazer com mais de 8 mil m2, piscinas, quadra poliesportiva, de tênis e peteca, campo society, espaço gourmet com churrasqueira, salão de festas, fitness equipado, sauna, espaço kid, mirante e praças integradas às trilhas ecológicas e áreas verdes. Isso sem se esquecer da segurança que inclui monitoramento 24 horas na portaria, circuito fechado de televisão, armazenamento digital das imagens, catracas e cercas elétricas.
.
“Um dos cuidados da construtora é encontrar terrenos que, pela própria topografia, permitem a integração entre paisagismo e meio ambiente com as pessoas. A qualidade de vida é essencial em nossos projetos”, afirma Deni Lamb, gerente comercial da Gran Viver. O mesmo fenômeno aconteceu com o Residencial Gran Park, condomínio localizado a cinco minutos do Centro Administrativo do governo do estado, com lotes a partir de 450 m2 e comercializados a 170 mil reais. “Foram todos vendidos e hoje já valem 210 mil”, diz Lamb.
.
Tamanho sucesso deu fôlego à Gran Viver que se prepara para lançar em setembro o Villas Park, três pequenas vilas que serão construídas em frente ao Gran Park, com 65 lotes cada uma e terrenos de 400 m2 ao preço de 170 mil reais. “A ideia é criar um residencial com cara de interior, em que as pessoas possam conhecer seus vizinhos”, diz o gerente comercial.
.

Confira a notícia na íntegra: http://www.revistaviverbrasil.com.br

Deixe uma resposta